Baixar Matéria

Produtor de manga Palmer dobra volume de produção em kg/planta

Localizada na cidade de Guzolândia/SP e Sud Menucci/SP, a Santa Adélia Citrus é referência em produção de manga e citrus no noroeste do estado de São Paulo. Há três anos a companhia trabalha com as tecnologias da Aminoagro, marca que pertence a Fertiláqua, um dos maiores grupos de nutrição, fisiologia de plantas e revitalização de solo.

Desde 2016, a empresa antecipa de dois a três meses a colheita de manga Palmer, oferecendo ao mercado o fruto fora da época tradicional de maior oferta em São Paulo, que vai de dezembro a fevereiro, sendo possível obter um valor maior no kilo da manga.  

Isso é possível por meio do Programa Construindo Plantas – PCP 360, que atua trabalhando em todos os estágios da cultura, desenvolvendo a lavoura com o máximo potencial produtivo, um manejo eficiente e com maior valor agregado a fruta.

“Antes produzíamos de 80 a 84 kg por planta. Com o uso do PCP, obtivemos resultados excelentes, elevando a produção para 160 a 190 kg/planta”, explica Everton Lanza, proprietário da Santa Adélia Citrus.  

Outros pontos positivos destacados pelo produtor são a melhora na qualidade e na padronização do fruto. “Antes, o florescimento era desuniforme e tínhamos frutos de diferentes formatos e em diferentes estágios, ocorrendo grandes perdas. Com o PCP, a colheita tem sido melhor e o pós-colheita também, pois o fruto está mais bem nutrido e consegue um maior tempo de prateleira”, esclarece Lanza.

Como a colheita antecipada é realizada no período seco, também contribui com menor índice de incidência de doenças. “O projeto de manga da Aminoagro mostra ao produtor que é possível – com suporte técnico, manejo adequado da nutrição, fisiologia da planta e investimentos – aproveitar o máximo potencial produtivo da fruta com qualidade e rentabilidade”, explica Itamar Guerra, representante técnico de vendas da Aminoagro.